15
abr

Produza de acordo com seu Funil de Vendas!

O Funil de Vendas é o processo ou caminho que qualquer pessoa atravessa, desde a descoberta da sua marca até a efetiva decisão de compra. Ele é composto de seis estágios: descoberta e interesse, no topo; consideração e intenção, no meio; e avaliação e compra, na base. E, portanto, cada estágio exige um tipo de conteúdo diferente.

A compra não é um processo homogêneo, mas ocorre por etapas. Isso porque, durante a sua jornada, o cliente passa por vários momentos que revelam quão próximo ele realmente está de comprar.

Temos o momento em que ele ouve falar da sua solução pela primeira vez, a pesquisa que ele faz sobre o item em questão, a compra propriamente dita, a recomendação que ele dá depois de usar o produto…

Um cliente que acabou de descobrir seu produto, por exemplo, está menos pronto para comprar do que um que já leu até as avaliações do seu site.

Então, para determinar qual é o nível de maturidade do cliente em relação à decisão de compra, dividimos esses momentos em partes e assim definimos as etapas do funil de vendas.

Separamos algumas dicas de conteúdos para cada etapa:

  • no topo de funil, artigos de blog, newsletter, vídeos e e-books vão fazer o trabalho de apresentar sua marca e despertar curiosidade;
  • já no meio de funil, a pessoa busca informações mais específicas e aprofundadas. Por isso, webinars e cases de mercado são tipos de conteúdo mais eficientes. O blog e e-books também podem ser úteis nesse estágio;
  • no fundo de funil, a pessoa precisa tirar suas dúvidas finais para tomar a decisão de compra. Assim, conteúdos que façam a demonstração do produto e cases de sucesso com clientes são os tipos de conteúdos que devem ser adotados. O blog ainda tem um papel aqui, com um formato diferente: blog corporativo.